Por que programas de treinamento não funcionam, e o que fazer para garantir que funcionem!

Já perceberam que muitas vezes, as expectativas criadas a partir de um treinamento não são atingidas dentro de uma empresa? E você sabia que as empresas norte americanas, só no ano de 2015, investiram mais de U$350 bilhões em treinamentos?

Num artigo publicado na Harvad Business Review, “Por que programas de treinamento não funcionam e o que fazer” Michael Beer escreve um pouco sobre o assunto e faz uma análise detalhada sobre o que NÃO funciona!

O treinamento e a capacitação, são como sementes, que têm um potencial enorme para crescer e gerar resultados maravilhosos! Porém, se a semente estiver em solo infértil, provavelmente gerará um resultado ruim, como uma semente morta. Para termos um solo fértil nas empresas precisamos fazer alguns questionamentos,

“A equipe de liderança está alinhada em torno de uma estratégia clara, inspiradora e do conjunto de valores?

A equipe recebeu feedback sincero dos funcionários sobre as barreiras à efetividade e ao desempenho — incluindo o próprio comportamento dos gestores seniores?

A equipe redefiniu sua organização, sistemas de gestão e práticas para resolver os problemas apontados por esse diagnóstico?

O RH está oferecendo consultoria e coaching para ajudar os funcionários a aprender sobre o trabalho e assim exercitar as novas atitudes e comportamentos deles exigidos?

Os programas de treinamento corporativos apoiam adequadamente a agenda de mudanças? E a liderança e a cultura de cada unidade estão fornecendo o solo fértil necessário?”

Responde essas perguntas, podemos fertilizar o solo para que as sementes cresçam com vigor, pois, se o sistema não mudar, não poderá promover a mudança de comportamento individual, na verdade, ele poderá predispor as pessoas ao fracasso!

Confira a matéria na íntegra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *